Sobre a Artesfera

BREVE HISTORIAL DOS  25 ANOS DE ACTIVIDADE E INTERVENÇÃO ARTÍSTICA NO BARREIRO (1992-2017)

Em 1992, a 5 de Dezembro é fundada a Artesfera-Associação de Artes Plásticas do Barreiro. Em 26 Dezembro (10.00 horas)  realiza-se a primeira reunião na Biblioteca Municipal com os fundadores da Associação (Cacilda Esteves, Camarro, Carlos Bicas, Fátima Romão, Florinda, Francisco Nogueira (Francisco Palma), Gil, Guerra Soares, Isabel Seruca, Lenine Rodrigues, Mariline Alão, Miguel Eusébio e Pedro Miranda da Silva).

Nestes intensos 25 anos de atividades, a Artesfera – Associação de Artes Plásticas do Barreiro, deste muito cedo, assumiu uma atitude diferente da habitual programação e atividade artística do Barreiro, que se focava com maior incidência na realização de exposições individuais, com excepção da Exposição Colectiva “Encontro de Arte dos Novos” realizada em 1986 no clube 31 de Janeiro “Os Celtas”. Durante este período participaram nas diversas atividades e intervenções da Artesfera mais de 40 artistas, na sua grande maioria do Barreiro.

Em 1993, a Artesfera organiza uma intervenção de rua “ Artesfera é Barreiro…” (Exposição / Debate, na Estátua Alfredo da Silva e Auditório da Biblioteca Municipal), edita uma coleção de postais e participa nas Festas do Barreiro na Escola Alfredo da Silva, com debates exposições, apresentação de vídeos e instalações. Neste mesmo ano, organiza-se a Exposição “Natureza” em Palhais e termina, este primeiro ano, com outro evento artístico, “Gestos” Exposição, Instalação e Vídeo,  integrado nas comemorações do 1ºAniversário da Artesfera, num dos textos de Fátima Romão para esta exposição referia-se que “em cada fração de tempo existe um gesto, que completa e articula a própria vida…através dele explore um novo imaginário manifesto na expressão plástica…”.

A Artesfera em 1996 propõe organizar, em parceria com a Câmara Municipal do Barreiro, um prémio nacional de desenho, o “Prémio de Desenho Américo Marinho”, tendo-se realizado bienalmente de 1996 a 2002, assim como as “Conferências de Arte no Fim de Século” no Auditório Biblioteca Municipal, organizadas em quatro ciclos, “Arte e Cultura”(1996) onde participaram Rui Monteiro Leite e António Bacalhau,  ”Arte Anos 40″ (1998) com Rui Mário Gonçalves, Álvaro Cunhal e Rogério Ribeiro, “Arte Anos 70”(1999) com Jaime Silva, Paula Pinto, Albertina Marçal e Cristina Azevedo Tavares e “Arte Contemporânea”(2000) com  João Jacinto, Bárbara Coutinho e Teresa Duarte Martinho. Durante estas conferências realizaram-se também instalações “Indústria” (1996) de Francisco Nogueira, Rui Monteiro Leite e Pedro Miranda da Silva e Instalações sobre o tema da Poluição “Diálogos Impossíveis” (1999) de Francisco Nogueira e Pedro Miranda da Silva.

Organizaram-se diversos projectos de reflexão e intervenção em diferentes locais do Barreiro, em colaboração e parceria com diversas entidades culturais e artísticas locais e regionais e com a Câmara Municipal do Barreiro, como por exemplo “A Cidade e a Arte” (SDUB”Os Franceses”, 1994), o Salão Anual Artesfera na Galeria Municipal do Barreiro e na Cooperativa Cultural e Popular Barreirrense ( de 1994 a 2015), o Salão de Verão no Convento da Verderena (1999 e 2011). Em 2000 realizou-se um protocolo com a Câmara Municipal do Barreiro para a instalação de um “Centro de Arte” –  Formação Artística no Edifício Américo Marinho (2000 a 2002) com cursos de Cerâmica,  Desenho;  Escultura, Teoria de Arte Contemporânea,  Pintura e Oficinas Criativas de arte pública e intermédia e  Desenho e Montagem de Exposições, ficando a Artesfera responsável por equipar e gerir este espaço de formação. Dentro deste projecto realizaram-se ainda as Oficinas de Verão “Arte Refrescante”(2001) e uma Palestra de Manuel Gusmão, poeta e professor da Faculdade de Letras de Lisboa, dedicada ao ensaio de Walter Benjamin “A Obra de Arte na Era da Sua Reprodutibilidade Técnica”.

Em 2009 foi organizado um Workshop com o artista moçambicano Malangatana, no espaço do Ex-Matadouro com a participação de diversos artistas locais.

Em 2010 organiza-se uma exposição de grandes formatos e instalações “Espaços de Tensão” e palestra “O Campo alargado na arte” com Francisco Palma na Cooperativa Cultural e Popular Barreirense, sendo também em parceria com esta cooperativa que se desenvolve o projecto “Noutros Lugares”, integrado nas “Oficinas Saramago” , sobre a obra de José Saramago (2012) em diversos espaços públicos do Barreiro.

Em 2010 realizaram-se algumas exposições em parceria e colaboração com outras associações de artes ou de artistas plásticos, referindo a Associação Artes do Seixal e a Associação de Artistas Plásticos do Concelho de Almada- Imargem.  Os artistas da Artesfera participaram também na ASSOCIARTES – Bienal de Associações de Arte do Distrito de Setúbal no Solar dos Zagallos em Almada (2011-2017).

Em 2011 realizou-se um protocolo com a Câmara Municipal do Barreiro para a intervenção artística num espaço da Rua Calouste Gulbenkian, que se designou por “Núcleo de Artes Plásticas”, onde se desenvolveram exposições, destacando a colectiva “Ficções e (des) Contextos”(2011) e  a Exposição de Fotografia de Esmeralda Barão, performances, formação, ateliês de férias para crianças com expressão artística, Encontros de Arte “Arte Local” (2011), “Educação, Arte e Escola”(2011) e “Programação Cultural” (2012) com diversos convidados do Barreiro e a nível nacional e ainda uma intervenção de rua como o Projecto 8!8!8! de Pedro Penilo no Parque Catarina Eufémia. Ainda em 2012 foi organizado o Prémio Artesfera 20 Anos, a nível nacional, onde participaram 59 artistas com 104 obras de todo o país.

Em 2012 a Artesfera recebeu a distinção de «Rosto do  Ano» do Associativismo, atribuída pelo Jornal Rostos do Barreiro.

Em 2013 realizou-se a Conferência “Geometria Sagrada” com Luis Élye no Auditório da Biblioteca Municipal e organizou-se a Exposição de Artes Plásticas “Geração 2013” com 17 artistas do Barreiro, artistas até 40 anos, na Galeria Municipal do Barreiro. Realizam-se ainda entre 2011 e 2014 diversas visitas de arte e organiza-se um Ciclo de Tertúlias no NAP (Núcleo de Artes Plásticas) e no Edifício Américo Marinho (Parque da Cidade) com Isabel Seruca, Pedro Miranda da Silva, Fátima Romão, Isabel Flório, Carlos Ribeiro e Francisco Palma.

No dia 31 de maio 2018 a Artesfera recebeu o Diploma e a Medalha de Bons Serviços e Dedicação ao Movimento Associativo pelos 25 anos de actividade artística no Barreiro. Estiveram presentes na cerimónia os artistas e sócios da Artesfera: Pedro Miranda da Silva, Isabel Seruca e Cabrita Ramos.

ESTATUTOS

Artigo  1º – Pelos  presentes estatutos reger-se-à instituição de tipo  associativo  e cultural denominada ARTESFERA – Associação de  Artes  Plásticas  do Barreiro, fundada  em 05 de Dezembro de 1992, cuja sede é no Barreiro.
Artigo 2º– A Associação, tem como objectivos: Promover, auxiliar e divulgar o  progresso da  Arte; Defender interesses dos seus associados e artistas; Criar e organizar  Ateliers colectivos  de Pintura, Escultura, e outras actividades de carácter  artístico;  Promover conferências, debates e excursões de carácter e interesse artístico e cultural; Edição de uma  revista,  gravuras, livros e outras publicações; A cooperação com  outros  grupos  e associações de cultura.
Artigo 3º– São órgãos da Associação a Assembleia Geral, a Direcção, o Conselho Fiscal  e o Conselho Técnico.
Artigo 4º– A Assembleia Geral é soberana e perante ela responde a Direcção, cuja actividade está sujeita permanentemente à inspecção do Conselho Fiscal.
Artigo  5º – A Associação de Artes Plásticas do Barreiro é representada  pela  Direcção, cujo presidente tem função coordenadora, e a ela compete a iniciativa e a sua superintendência em todas as suas actividades.
Artigo 6º – A composição e funcionamento dos órgãos da Associação serão estabelecidos  em Regulamento Complementar a aprovar pela Assembleia Geral.
Artigo 7º– A  ARTESFERA – Associação de  Artes  Plásticas  do Barreiro existe por  tempo indeterminado,  mas  no  caso de se dissolver, pelos motivos constantes  da  lei  ou  por deliberação da Assembleia Geral convocada para o efeito, reverterá o remanescente do  seu património a favor das entidades ou organismos que forem designados por aquela.
Artigo 8º – Constituem receitas da Associação as cotas dos associados, ou quaisquer outras prestações bem como subsídios legados ou comparticipações que lhe possam ser atribuídas.
Para consultar os Regulamentos Internos Complementares aos Estatutos >>> clique aqui.
 ***********************************************************************
 Órgão Sociais Eleitos na última Assembleia Geral
A “Artesfera” tem uma Assembleia-geral e uma Direcção, um Conselho Fiscal e um Conselho Técnico, periodicamente eleitos em Assembleia-geral.

 Assembleia-geral

Presidente: Francisco Inácio de Brito Palma

Vice-presidente: Zulmira Teixeira Brandão

Secretária: Maria Fernanda Catarino Martins

 Direcção

Presidente: Maria Manuela Neves Sobral

Vice-presidente: Carlos Alberto Pereira Ribeiro

Tesoureira: Etelvina C. Silva Oliveira Estaca

1º Vogal: Pedro Manuel Miranda da Silva

2º Vogal: José Francisco Cabrita Ramos

3º Vogal: Isabel Maria Tavares Neto Seruca

4º Vogal: Adozinda N. B. G. Ferreira da Silva

Conselho Técnico

Presidente: Luis Filipe Campos Braga

1ºSecretário: Pedro Seruca Marques

2ºSecretário: Maria de Fátima Santos Romão

Conselho Fiscal

Presidente: Florinda Nascimento R.G. Silva

1ºSecretário: José Fernando da Silva Arantes

2ªSecretária: Maria da Conceição Braz Silveira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s